Notícias

Diretor da CD Projekt Red fala sobre games clássicos que o influenciaram

Já faz dois anos que a CD Projekt Red lançou o aclamado RPG de ação The Witcher 3: Wild Hunt (imagem em destaque) para o PlayStation 4. Para celebrar o sucesso do jogo — e de olho na notícia de que uma adaptação da franquia para a Netflix está a caminho — o blog oficial do PlayStation entrevistou o diretor de jogos da companhia, Konrad Tomaszkiewicz, que falou sobre os games que o influenciaram.

Quando perguntado sobre qual o primeiro jogo de PlayStation que lembra ter jogado, Konrad falou que foi o Tekken 3. “Joguei muito esse jogo em máquinas arcades, mesmo antes de comprá-lo para o PlayStation. Desde criança eu era ligado em artes marciais, e o que eu particularmente lembro sobre o jogo são as incríveis animações. O modo como os personagens se moviam e os combates eram simplesmente incríveis. Tekken 3 e Eddy Gordo são, na verdade, um enorme motivo pelo qual comecei a treinar capoeira alguns anos depois”, conta.

O diretor de jogos falou também sobre jogos que o fizeram querer ser desenvolvedor: “Meus primeiros passos no desenvolvimento de jogos foram antes do lançamento do PlayStation, quando a maioria dos computadores disponíveis no mercado não tinha drives, e aqueles que traziam uma unidade de armazenamento eram baseados em fita cassete. Lembro de reescrever código de jogo da Bajtek, uma antiga revista polonesa sobre jogos de computador, e ter acesso a jogos dessa forma. Se eu fosse nomear um game que me fez querer ser desenvolvedor de jogos, seria Monkey Island e/ou Eye of Beholder. O primeiro me cativou por sua narrativa peculiar. Já Eye of Beholder, por outro lado, foi o primeiro jogo que me fez sentir que eu era parte daquilo, e não que eu estava apenas jogando um jogo”.

The Secret of Monkey Island para PC

Pelo jeito Konrad viveu as mesmas situações vividas por quem teve o prazer de brincar com micros dos anos 80 e com os clássicos adventures do PC. Lembro também de digitar inúmeros códigos de livros de programação e revistas de computadores no MSX e no MC-1000. Jogos como The Secret of Monkey Island e Eye of the Beholder foram mesmo mágicos na época. A propósito, a entrevista completa (em inglês) pode ser lida aqui.

Carioca, jornalista, empreendedor e nerd. Amante de games e de retrocomputação. Editor do site RetroBased e proprietário da loja virtual Retro Mall. No YouTube, faz resenhas de itens ligados a micros antigos, consoles clássicos e retrogames.
Comentários
T o p o